TugaNet

Uma Rádio Para a Vida!

Musica Atual

Título

Artista

Programa Atual

Música com Gosto

11:00 13:00

Programa Atual

Música com Gosto

11:00 13:00


Adicionar sal extra no prato pode estar a “tirar-lhe anos de vida”

Publicado por: a 11 de Julho de 2022

É daquelas pessoas que adiciona sempre um pouco mais de sal quando o prato chega a mesa? Vai ter de começar a pensar duas vezes antes de o fazer porque um estudo novo diz que este hábito é facilmente relacionado com morte precoce. 

Os investigadores descobriram que adicionar sal extra – não incluindo aquele que é utilizado enquanto se cozinha – à comida reduz em mais de dois anos a esperança média de vida para homens e em ano e meio para mulheres. 

Este é, segundo o autor principal do estudo – o professor Lu Qi of Tulane da University School of Public Health and Tropical Medicine, nos EUA -, o primeiro estudo que analisa a relação entre a adição extra de sal e a morte precoce. 

O mesmo especialista recomenda, ao The Guardian, colocar menos ou retirar o sal da mesa, na hora da refeição, para se conseguir reduzir a quantidade de sódio consumido. Algo que vai ter “benefícios para a saúde, especialmente, se for algo que se faça na população, em geral”. 

O estudo analisou os dados de mais de quinhentas mil pessoas, durante cerca de nove anos. Foi pedido aos participantes, entre 2006 e 2010, que respondessem a um questionário de modo a concluir se adicionavam sal aos alimentos e com que frequência o faziam.

Os investigadores concluíram que comparando com as pessoas que não o faziam, aquelas que adicionavam sempre sal extra às suas refeições tinham um risco, maior em 28%, de morrer prematuramente. Isto significa que homens e mulheres, com 50 anos, com este hábito, tinham uma expectativa de vida menor em 2,3 anos e em 1,5 anos, respetivamente. 


Faça download das nossas apps:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

Marcado como

Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos de preenchimento obrigatório assinalados com *



×