Portugal entrou na primeira fase de mitigação do coronavírus. Já são 331 o número de infetados.

Portugal entrou na primeira fase de mitigação do surto epidémico, que já infetou mais de 170 mil pessoas e causou mais de 6.500 mortes no mundo. A alteração foi comunicada em circular interna da Direção Geral de Saúde, disponibilizada também no site oficial da DGS.

A fase de mitigação é a fase em que já é reconhecido pelas autoridades de saúde que há “transmissão local em ambiente fechado e transmissão comunitária” de um surto epidémico como o da doença Covid-19.

Esta é a última fase de resposta ao surto e é atividade no momento em que as autoridades de saúde reconhecem que as fases anteriores de combate, a Contenção (fase um) e Contenção Alargada (fase dois), são já insuficientes para descrever a evolução da propagação do surto. É também aí que são tomadas as medidas de resposta mais drásticas para que o país consiga responder à propagação de uma epidemia — neste caso, também pandemia —, antes de entrar na fase última de gestão de um surto como estes: a fase de recuperação.

Até esta segunda-feira, Portugal encontrava-se em fase de Contenção Alargada na resposta à Covid-19. Nesta fase, considerava-se que o contágio em Portugal acontecia através de “casos importados (…) sem cadeias secundárias”. Agora já não: a propagação acontece localmente, em ambientes fechados, e de forma comunitária, reconhecem as autoridades.

noticia adaptada do site observador

Facebooktwitterpinterestlinkedinmail