Câmara de Lisboa aumenta distribuição diária de refeições quentes

A distribuição suplementar de 1.000 refeições quentes por dia arrancou hoje em três locais chave: junto à discoteca Lux (em Santa Apolónia), junto à Estação do Cais do Sodré e na Praça Paiva Couceiro (Penha de França), informou a câmara de Lisboa.

A distribuição das refeições é efetuada tanto ao almoço como ao jantar, contando com o apoio das forças armadas.

Manuel Grilo, vereador dos Direitos Sociais e da Educação, afirmou tratar-se de “um incremento histórico na distribuição de refeições na cidade de Lisboa” que vem responder “ao visível aumento de pedidos de ajuda de pessoas que não dormem na rua”.

A câmara “está aqui para garantir que as respostas continuam e que ninguém fica para trás” acrescentou Manuel Grilo, incentivando a que as pessoas que se inscreveram na “Rede Solidária” e na ajuda das Forças Armadas na distribuição das mais de mil refeições quentes.

As refeições são confecionadas nas escolas básicas do concelho durante os dias de semana. Aos fins de semana são asseguradas pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Além destas respostas a câmara de Lisboa conta com três centros de acolhimento de emergência abertos recentemente especificamente para responder às necessidades da população em situação de sem abrigo durante a pandemia.

Os centros “não configuram uma política pública de longo curso, que continua a ter como opção o programa “Housing First”, mas “respondem às necessidades imediatas de quem não tem casa para cumprir o distanciamento”, explicou o vereador.

noticia adaptada do site 24sapo.pt

Facebooktwitterpinterestlinkedinmail